O perseguir de sonhos, momentos bons e outros nem tanto... Mas valerá a pena!
Sexta-feira, 4 de Março de 2016
Olá, Tita!

  Há dois dias fui a uma lojinha de animais que há aqui perto da universidade. É pequena e vende, para além de plantas e vasos, hamsters, peixes, tartarugas, coelhos e porquinhos-da-Índia.

 

  E o que é que fui fazer ? Espreitar... Desde o Pino, o meu primeiro e fofíssimo/maluco/doido/ginasta hámster (Nunca o mencionei aqui, parece que tive receio ou já estava a prever que a sua vida fosse curta... Que estranho...), que fiquei cheia de vontade de voltar a ter um animal... É claro que... É uma grande responsabilidade, aqui e em qualquer lugar. Enfim, o que queria mesmo ter era um cão. Ou até gato. Gosto de animais e sinto que posso ter um aqui. Para ser cuidado da melhor forma possível (o que eu puder fazer) e eu ter "companhia" e algo a quem dirigir parte da atenção quando estiver em casa. Mas aqui? E depois quando eu quiser viajar? E se fizer muito barulho quando não estiver? Teria/terá de ser um animal mais pequeno e que peça cuidados não tão diários, digamos. Ou melhor, que não seja necessário levar à rua para fazer as necessidades ou exercício físico. De preferência não muito grande, silencioso, pouco dispendioso e resistente. Outro hámster, mesmo tendo a gaiola, acessórios e comida, não... É um animal querido mas, pelo que me pareceu, bastante frágil. Peixes? São engraçados, já tive e a mana cuida agora de dois em Lisboa. Só que... Não há interação quase nenhuma. Um coelho? Não. Nunca lhes achei muita graça e parecem-me (posso estar enganada) pouco dados a cuidados de higiene. Então... A escolha foi... Uma tartaruga!!! :)

 

  Motivos: é um animal relativamente resistente e que pode viver durante bastantes anos; pode estar bem sozinho, isto é, não precisa de companheiros; aguenta alguns dias sem comer (sobretudo adultos), ou seja, uma saída de dois dias, por exemplo, não levantará problemas; parece ser calmo e não requer muitos cuidados diários. (Segundo a dona da loja, basta um aquário de plástico, pô-lo à janela evitando as horas mais quentes do dia, comida, mudar a água quando estiver suja e pronto! Não é bem assim...!!) Por outras palavras, devemos ver todos os dias como está, mas é também, de certa forma, independente! O que a senhora da loja não disse (ou não sabe ou não lhe interessa explicar) é que temos de comprar um aquário espaçoso e respetivo equipamento para que as tartarugas possam viver de forma mais saudável e duradoura...! Não falo em decorações, mas sim de lâmpada UVA/UVB, um termóstato, um filtro para a água, uma plataforma para se secarem e apanharem luz/sol e comida, claro. Já "tratei" de alguns destes requisitos, comprei-os via Internet. Estou à espera que cheguem, pois faz-me impressão tê-la num aquário tão pequeno. É prático, mas apenas para transporte...!! (Da loja trouxe a tartaruga, o aquário de plástico, o termóstato e comida.)

 

  Falando agora mesmo sobre a "menina" que trouxe, chama-se... Tita! O nome foi escolhido pela mana! Segundo a proprietária da loja, terá 2-3 anos e é fêmea (ate uma determinada idade é muito difícil distinguir o género). Pelo que vi na Internet, também me parece. É aquática e da espécie "orelha-vermelha" ou "ouvido-vermelho". É originária da região sul dos Estados Unidos e norte do México e é o tipo de tartaruga mais comum como animal doméstico. Os machos adultos podem atingir 13-20 cm de comprimento e as fêmeas 20-33 cm. Enquanto jovens, são carnívoros, depois, passam a herbívoros! Interessante!...

 

  A Tita, por enquanto, tem-se mexido bastante. Parece querer fugir ou nadar. Ainda não comeu mas, pelo que li, é normal pois pode estar a estranhar o ambiente. Em relação à temperatura da água, como o aquário tem o termóstato, parece-me adequada. Quando me aproximo encolhe-se. Espero que com o tempo isso passe...!

 

  Vamos ver como corre... Estou ansiosa mas também entusiasmada. Uma tartaruga é um compromisso a longo prazo. Ou melhor, qualquer animal...! Desejo que tudo corra bem. Tenho de ser paciente! Espero também, daqui a uns dias, pode dar-lhe mais condições, isto é, uma "casinha" maior e melhor!

 

  Se houver curiosidade, mais informações sobre esta espécie aqui e aqui.

Tita3

Tita2

Tita_aquario2

Tita_aquario1



publicado por Rita às 12:40
link do post | comentar | favorito
partilhar

1 comentário:
De Rosa Pereira a 6 de Março de 2016 às 15:07
Gostei muito do post! Loooooongo e cheio de pormenores! E as fotos boas!
Bem vinda, Titaaaaa!


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

De volta ao...

Novo semestre!

Fim de férias

Parabéns, pai!

Regresso e férias

Parabéééns!

Portugal e China

Portugal e regresso

Erro ou sinceridade?

Pausa e viagem

arquivos

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links